Aprenda a surfskate: As quatro manobras básicas.

Você acabou de comprar um surfskate e quer aprender a gerar velocidade, fazer curvas, cut backs e derrapagens?

Anteriormente, ensinamos como escolher uma prancha de surfskate. E neste artigo vamos explicar como realizar as primeiras manobras básicas para aprender andar surfarskate.

A mais importante dessas 4 manobras básicas para começar com o surfskate é, sem dúvida, o como pegar velocidade, já que sem velocidade nenhuma das manobras a seguir podem ser geradas. A seguir, explicaremos como fazer um cut back e, finalmente, como fazer giros radicais ou snaps e queimar o asfalto com uma boa derrapagem.

1. Como pegar velocidade com um surfskate:

Pegar velocidade é o primeiro movimento básico que devemos aprender para poder andar num surfskate. A grande diferença com o skate tradicional é que para gerar velocidade você não dá aquele chute mítico no chão.

O movimento de pegar velocidade começará quando estivermos acima do skate e bem posicionados, e SEMPRE começará de cima para baixo, movendo os braços e ombros primeiro, seguidos de quadris, joelhos, pés e por último a prancha. Os ombros são usados ​​de cima para gerar inércia no movimento coordenando esse movimento em uma corrente para baixo até que a prancha comece a se mover, e sempre fica repetindo para que o surfskate comece a se mover e a gerar velocidade.

É importante realizar a flexão e a extensão seguida em cada um dos movimentos. Assim chegaremos com mais força e inércia para fazer o surfskate ganhar velocidade. Basicamente, como quando você entra em um balanço, você encolhe seu corpo e o estica para que ele se mova mais e mais e mais.

2. Como fazer um cut back com uma prancha de surfskate:

O cut back é uma manobra muito antiga e muito utilizada no surf que consiste em regressar à secção forte da onda voltando para a parede e voltando a enfrentá-la para continuar na onda. Todos devem fazê-lo se querem aprender a surfar bem, pois é uma manobra básica, mas requer tempo e uma boa linha para alcançá-la com estilo e eficiência.

Para fazer um cut back no surfskate vamos realizar praticamente a mesma técnica do surf.

Começamos com o skate para gerar velocidade e assim que chegarmos ao ponto onde vamos fazer a manobra, começamos com um bottom para marcar a curva na direção oposta da “espuma da onda”. E faremos aquela volta prolongada para trás, marcando com os olhos o lugar a seguir, seguido pelos ombros e braços, peito e terminando com joelhos e pés pressionando a borda e alongando o corpo.

Uma vez que o tenhamos completado, refaça o mesmo caminho e continue a pegar velocidade na parede da onda ou no chão em nosso caso.

3. Como fazer uma curva ou snap com um surfskate:

O snap consiste em fazer uma curva mais ou menos radical na crista da onda, ou no nosso caso agora, em uma rampa de skate ou diretamente na parte plana.

Podemos fazer um bom Snap quando tivermos velocidade suficiente. É feito de frente para a rampa (parede da onda) ou se o fizermos na parte plana, flexionando antes de entrar e iniciando uma importante e forte rotação dos ombros seguida de quadris, joelhos e pés assim que chegarmos ao ponto onde queremos realizar a manobra.

Uma vez que começamos a virada pressionando a prancha, e acompanhando todo o peso com a virada. Para terminar a virada e voltar à posição inicial devemos levar o corpo onde estava antes, recuperando a estabilidade e o equilíbrio.

É sempre muito importante olhar para onde queremos ir.

4. Como realizar uma derrapagem de 180º com um surfskate:

A última das manobras será a mais radical das quatro, mas totalmente ao seu alcance depois de passar e controlar as 3 primeiras.

Esta manobra é a única que tem um foco maior no surfskate e não tanto no surf, já que não dá para derrapar da maneira que buscamos com uma prancha por causa das quilhas.

Vamos iniciar esta manobra como todas as anteriores, obtemos a velocidade que precisamos, que neste caso será uma velocidade maior do que nas outras ocasiões.

Assim que tivermos velocidade suficiente, chegaremos ao ponto escolhido comprimidos e com uma mudança repentina de peso do pé de trás para o da frente. Começaremos a girar todo o corpo 180º partindo como sempre do olhar, passando pelos ombros, braços, quadris, joelhos e pés, deixando o patim derrapar com uma finalização de 180º. Assim que terminarmos a curva, vamos estabilizar novamente no skate e continuar com a escultura! Esta manobra, como todas elas, pode ser praticada da mesma forma em plano, num bowl ou rampa.

Até agora a nossa melhor explicação de como começar pegar velocidade no seu surfskate e as diferentes manobras transferidas da base do surf para o asfalto com o skate.

Qualquer manobra que você pratique com o surfskate no solo é perfeitamente válida para transferi-lo para o seu surf para continuar aprendendo e evoluindo. E lembre-se de que a técnica é muito importante dentro e fora d’água para executar e completar qualquer manobra com sucesso.

E assim como o surf, o surfskate também exige tempo, dedicação, perseverança e acima de tudo quedas para poder controlá-los e aproveitá-los.

Então pegue seu surfskate e pegue a estrada para rasgar!

Produtos que podríam te interesar:

Avaliação: 5.0. A partir de 1 voto.
Please wait...
Compártelo en:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *