Como colocar o leash na tua prancha de surf

Neste artigo vamos explicar-te como colocar o leash na tua prancha de surf. A maior parte dos danos que acontecem na cauda da prancha devem-se a uma colocação incorreta do leash de surf. É muito fácil colocar o leash de forma a não danificar o tail da prancha, mas é de grande importância para a boa conservação da tua prancha.

Recomendamos que sigas os passos como indicado, assim não terás problemas.

A primeira coisa que tens de fazer é pegar no leash e retirar a corda pequena que vem junta, e que serve para unir o leash à prancha. A corda está colocada junto ao protetor de canto do leash, basta abrir o velcro do protetor de canto e retirá-la.

Tens que colocá-la dentro do copinho do leash que se encontra junto da cauda da tua prancha. Pode acontecer que tenhas dificuldade em introduzi-la no copinho, serve-te de algum objeto pontiagudo, por exemplo a chave allen das quilhas.

Uma vez introduzida a corda, segura na parte do nó e passa-a através do pequeno laço na outra parte da corda, e puxa com força para a atar à prancha de surf.

Presta atenção, deves verificar que, ao prender o leash à pequena corda, não seja esta que fique a roçar no tail da prancha de surf, mas sim o protetor de canto, assim não será danificada. Esta é a falha mais frequente, deixar a corda demasiado comprida, o que faz com que o leash danifique pouco a pouco o tail da prancha.

Se a corda ficar a roçar no tail da prancha deves encurtá-la. Para isso, desfaz o nó da pequena corda e faz o laço mais apertado, depois volta a verificar que a corda não roce.

É fácil e rápido, mas mesmo assim, vemos muitas pranchas danificadas devido a uma má colocação do leash, esperamos que este artigo possa livrar-te desse problema. E porque um bom vídeo vale mais do que mil palavras, preparamos um vídeo de demonstração para que isto fique totalmente claro:

Produtos recomendados para você:

Avaliação: 5.0. A partir de 1 voto.
Please wait...
Compártelo en:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *